Resenha: Contos Clássicos de Terror

  • 09:00
  • 26 de dez. de 2018
  • Resenha: Contos Clássicos de Terror

    O mais recente lançamento da Companhia das Letras - que cedeu este exemplar para resenha - aqui para o Brasil é uma antologia que reúne dezenove histórias de terror dos mais variados tipos, escritas por grandes nomes do gênero. Contos Clássicos de Terror é uma obra completa para quem gosta de histórias para assombrar seus pensamentos.
    Sinopse: Transitando entre o gótico, o horror e o terror ― mas sem se afiliar a nenhuma dessas categorias com exclusividade ―, os dezenove contos deste livro reúnem o melhor das histórias de medo. De Machado de Assis e João do Rio a Lygia Fagundes Telles; de Edgar Allan Poe e Robert Louis Stevenson a Stephen King, grandes nomes da literatura mostram ao leitor toda a potência do gênero. Com seleção e introdução de Julio Jeha, esta antologia traz uma história de H. P. Lovecraft inédita no Brasil, além de uma nova tradução do conto “A loteria”, de Shirley Jackson. Em Contos clássicos de terror, o mal absoluto, o sofrimento de ocasião e até a maldade disfarçada de bem revelam personagens complexos e narrativas impressionantes.
    Shirley Jackson, Stephen King, H.P. Lovecraft, Machado de Assis, H.G. Wells e outros grandiosos autores compõem o leque talentoso de contos aterrorizantes apresentados neste livro. Com um trabalho primoroso e uma edição magnífica, essa obra é perfeita para fãs do horror.

    Considerando a quantidade de contos, achei melhor focar nos que mais me agradaram e fazer um geralzão sobre o que essa antologia apresenta, que é o medo da morte em suas mais variadas formas; do gótico ao sobrenatural clássico, os autores e autoras focam no desconhecido e como ele se apresenta dentro da figura da morte. São histórias para te deixar com medo de olhar por cima do ombro, outras mais questionadoras e críticas, outras satíricas dentro do próprio gênero. O que todos os contos tiram de letra é essa sensação inquietante de que algo horrível está escondido nas sombras, a sensação que só as melhores histórias de terror conseguem causar.

    Meus títulos favoritos foram, respectivamente, de H.P. Lovecraft (uma história inédita aqui no país, inclusive!), Shirley Jackson, Machado de Assis, Stephen King, Bram Stoker e W.W. Jacobs.

    Resenha: Contos Clássicos de Terror

    Na Cripta, de Lovecraft, temos os artifícios bizarros que se tornaram familiares na narrativa do autor; um coveiro e alguns caixões e sons estranhos e presenças misteriosas, dentro do estilo de escrita do Lovecraft, e pronto: tá aí o medo do desconhecido de maneira exemplar.

    A Loteria de Shirley Jackson mexe com o macabro de maneira inesperada; é um conto que se desenvolve através da tensão, mostrando uma aldeia isolada onde um "sorteio" está sendo feito entre todos os seus moradores. A sensação de "mas o que diabos está acontecendo aqui?" permeia toda a narrativa até a entrega da resposta; e de repente você só quer fugir porque é rápida, visceral e assustadora por isso.

    Machado de Assis entrega um conto trabalhando o emocional dos seus personagens e o sentimento de traição e de desconfiança que ele sabe desenvolver tão bem; A Causa Secreta pode não ser tão aterrorizante quanto os outros, mas usa o suspense em uma amizade inesperada e a obsessão de um homem com a ciência para entregar um final surpreendente e arrepiante dentro da sua premissa.

    Resenha: Contos Clássicos de Terror

    Vovó, do Stephen King, tem todos os detalhes já conhecidos do autor para quem - como eu - acompanha suas obras. Eu amo como o King consegue mexer com o seu psicológico com algumas frases e segura essa tensão por uma cena inteira. Pelos olhos de um garotinho amedrontado chamado George, descobrimos que ele ficou responsável por olhar a avó doente enquanto a mãe lida com um problema familiar; o mistério e o terror estão na figura da avó, nas lembranças desconexas que George tem a respeito dela - e na sensação inquietante de que alguma coisa macabra ronda a velha.

    A história de Bram Stoker, A Selvagem, mostra um casal em sua lua de mel em companhia de um homem estranho fascinado pelas piores coisas da vida - em especial a tortura. Assim como os outros contos, Stoker usa muitos artifícios de sombras e oculto para criar a tensão e trazer a sensação de medo; foi uma das histórias que mais me deixou inquieta.

    Por fim, minha maior surpresa foi com o conto de W.W. Jacobs - o único mais "desconhecido" ali para mim. A Mão do Macaco fala sobre o poder de um desejo e as consequências para alcançá-lo acima da razão; não sei se foi a narrativa ou a escolha de ambientação, mas rapaz que deu medo nesse conto do começo ao fim.

    Resenha: Contos Clássicos de Terror

    A Companhia das Letras fez uma das edições mais bonitas que já tive o prazer de ter na estante; capa dura, com acabamento especial e essa capa em lettering gótico bem sombria, tem uma diagramação simples e muito bonita e uma revisão impecável. 

    Contos Clássicos de Terror é uma leitura excelente aos fãs do gênero, mas também para quem quer algumas histórias arrepiantes dos grandes nomes da literatura de terror sem demorar muito nesse clima de tensão e desespero; são tramas curtas, bem desenvolvidas e que apresentam o medo em suas diversas formas de maneira exemplar.

    Título original: Contos Clássicos de Terror
    Editora: Companhia das Letras
    Gênero: Antologia | Terror
    Nota: 4,5
    Skoob

    GOSTOU DO LIVRO E QUER AJUDAR A MANTER O BLOG? ENTÃO COMPRE PELOS NOSSOS LINKS!


    1. nossa amei conhecer essa edição linda da cia das letras de contos de terror! eu tenho um livro de contos do poe que sempre pego pra reler alguns e já quero ler esses classicos!

      www.tofucolorido.com.br
      www.facebook.com/blogtofucolorido

      ResponderExcluir
    2. Oiii Denise

      A edição está linda, ficou bem com jeitão de livro de terror mesmo. Eu não sou leitora assídua do gênero do terror então pra mim o fato de serem contos vai super bem, porque vou lendo aos poucos, conto a conto. Curiosa em conferir os contos do Machado de Assis e também da Shirley, gosto de bastante de ambos.

      Beijos

      www.derepentenoultimolivro.com

      ResponderExcluir
    3. Oi Denise!
      Tô muito in love por essa edição cara, alguém vai ter que me dar esse livro HAHAHAH E esses autores *O*
      Que bom q foi uma excelente leitura pra vc!
      Bjs
      http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

      ResponderExcluir
    4. Oie Denise =)

      A edição ficou muito bonita, mas como tenho uma imaginação muito fértil e sou um medrosa, terror não é meu estilo favorito rs...

      Mas fico feliz em saber que você curtiu a leitura dos contos. =D

      Beijos;***
      Ane Reis | Blog My Dear Library.

      ResponderExcluir
    5. Acho bem legal esse tipo de livro, com compilados de contos de um determinado gênero. O que me chama a atenção, além da linda capa, é que tem Bram Stocker na lista <3 Só li Drácula dele, mas adoro sua escrita!

      ResponderExcluir

    Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!

    Tecnologia do Blogger.