Eles Não: 5 Autores que Não Gostam de Fanfics

  • 09:00
  • 21 de fev de 2019

  • Minha vida como leitora -- e escritora -- começou no mundo das fanfics antes mesmo que eu soubesse o que era. Navegando pela internet procurando informações sobre uma banda que eu gostava acabei em uma página do falecido Journal com uma fanfic yaoi sobre a banda e dali pra frente nunca parei -- definitivamente não escrevo e leio como antes, mas continua sendo grande parte do meu processo de superação de uma ressaca literária/seriemaniaca/cinefila.

    Depois de um tempo eu passei das fanfics de banda para as fanfics de livro -- ou Crepúsculo! -- e ai comecei a me interessar pelo que os autores achavam de ter fãs tão apaixonados pelo mundo que eles criaram, que não deixavam suas histórias morrerem. Autores como Neil Gaiman, Stephenie Meyer e JK Rowling não veem problemas nisso, basta ver as declarações de SM a respeito de 50 Tons de Cinza e como JK mantém o mundo de Harry Potter aberto para quem quiser -- o que nos proporciona livros como A Arma Escarlate. Muitos autores também começaram testando suas habilidades com fanfics, como é o caso de Cassandra Clare, que antes de se dedicar as Crônicas dos Caçadores de Sombras, escreveu fanfics de Harry Potter e Senhor dos Anéis.

    Gaiman já disse que, enquanto as pessoas não buscarem explorar seus personagens de forma comercial, ele não vê perigo nas fanfics e acredita que toda forma de escrita é válida, independe se ela for sobre personagens originais ou um slash Smeagol/Gollum. Contando que as pessoas identifiquem a quem pertencem os personagens (o famoso disclaimer que praticamente todas as fanfics tem) e veja isso como um privilégio e não um direito, ele realmente não se importa.

    Mas nem todos veem a questão dessa forma, seja por motivos legais ou sentimentais, alguns autores preferem que os leitores não se envolvem dessa forma. Alguns fandoms realmente levam a sério, já outros nem tanto. Por isso preparamos essa lista para que você também conheça o que alguns autores acham do assunto!

    Separei 5 dos autores. Alguns com uma história pessoal comigo e outros que encontrei nas pesquisas para essa lista.


    Eles Não: 5 Autores que Não Gostam de Fanfics

    1. George RR Martin

    Quando esgotei minha obsessão por Crepúsculo, me voltei as fanfics de As Crônicas de Gelo e Fogo. A principio para dar continuidade ao meu amor por Robb Stark e, depois, para superar a morte dele. Quando procurei sobre isso, li que George preferia que os fãs não fizessem fanfics por motivos legais. Ele falou sobre uma colega escritora que teve problemas com uma fã por isso. A garota escrevia uma fanfic com uma teoria que acabou se concretizando em um futuro livro da autora e, quando descobriu, exigiu constar como co-autora do livro, por causa de sua fanfic que havia sido escrita antes do livro ser lançado. A dor de cabeça foi grande e ele diz que, por coisas do tipo, não gosta de fanfics. Mas agradece o amor que leva os fãs a fazerem esse tipo de coisa.


    Eles Não: 5 Autores que Não Gostam de Fanfics

    2. JR Ward

    A autora de A Irmandade da Adaga Negra é outra que não gosta de fanfics. Lembro que quando terminei de ler todos os dez livros -- na época, Amante Liberto havia acabado de ser lançado -- procurei por fanfics para satisfazer minha saudade de alguns dos irmãos e não encontrei praticamente nada para ler. O que achei foram alguns textos que explicavam que JR considerava seus personagens como filhos e, por isso, não gostava da ideia de outras pessoas usando-os ou escrevendo sobre eles. Por isso ela pedia aos fãs que não escrevessem fanfics sobre. O mais incrível é que grande parte do fandom respeita isso -- não que os impeça de participarem de RPGs, no entanto. Da minha parte, acredito que o lançamento anual de um livro novo da série acaba inibindo, também, porque você não passa longos anos sem mais história sobre aquele universo, nutrindo ideias e teorias loucas.


    Eles Não: 5 Autores que Não Gostam de Fanfics

    3. Diana Gabaldon

    Não que eu tenha procurado por elas, porque ainda não cheguei no último livro publicado de Outlander e não me sinto órfã de qualquer personagem morto, mas quando pensei nesse artigo, quis descobrir o que ela achava do assunto. Atualmente ela diz se sentir desconfortável com as fanfics e já pediu aos fãs para não escreverem, publicarem (na internet ou em qualquer outro lugar) ou enviarem para ela suas fanfics. Há alguns anos ela causou um burburinho bem grande na internet -- e no fandom -- quando publicou em seu blog que achava "[fanfics] imorais, sei que são ilegais e me faz querer vomitar sempre que eu, sem advertência, encontro com alguma envolvendo meus personagens". Hoje, a posição oficial é que ela, por razões legais e pessoais, não se sente confortável com as fanfics, embora diga-se lisonjeada que alguns leitores se sintam tão ligados a história que queiram se envolver de forma mais íntima com a escrita de seu trabalho.


    Eles Não: 5 Autores que Não Gostam de Fanfics

    4. Robin Hobb

    Essa eu descobri quando fui pesquisar sobre o assunto para essa lista. Aparentemente, a autora de O Aprendiz de Assassino escreveu um texto intitulado The Fanfiction Rant, onde falou muito sobre seu ódio por elas, como as considera roubo de identidade e baratas. Achei um pouco forte? Sim. Fiquei chateada? Sim, apesar de compreender ela. Nem chocolate agrada todo mundo, né?


    Eles Não: 5 Autores que Não Gostam de Fanfics

    5. Anne Rice

    A rainha dos vampiros é fortemente contra as fanfics e deixou até uma nota em seu site oficial a respeito do assunto. Assim como Martin (e grande parte dos autores) ela se preocupa com os direitos autorais de suas obras. A nota no site diz (em tradução livre): "Eu não permito fanfictions. Os personagens são protegidos por direitos autorais. Me chateia muito se quer pensar em fanfics com os meus personagens. Eu aconselho meus leitores a escreverem suas próprias histórias originais com seus próprios personagens. É absolutamente essencial que vocês respeitem meus desejos". Porém, em 2012, o jornal britânico Metro publicou uma declaração mais amena da autora, que contou ter se incomodado muito fortemente com as fanfics há 20 anos pois pensava que isso iria bloqueá-la. Ela também disse que tem sido bastante fácil evitar encontrar qualquer fanfic de seus livros e, por isso, "viva e deixe viver" - mas fez questão de reforçar que "talvez a fanfic seja uma fase de transição [para jovens escritores]" mas que não entende porque alguém iria querer escrever sobre um mundo que não lhe pertence.

    1. Oi, Bibs!
      Gente, de cara com esse depoimento do Martin sobre a guria ter acertado a teoria. Isso foi uma em um milhão. Sortuda demais.
      Eu acho fanfics uma forma de demonstrar o carinho pela obra, mas cada um com sua concepção.
      Beijos
      Balaio de Babados

      ResponderExcluir
    2. Oi Bianca, tudo bem?
      Nossa que treta essa da história bater com o livro publicado pela autora. Confesso que nunca me interessei em fanfics, mas acho que quando o autor não gosta é melhor respeitar. :)

      Até mais!
      www.depoisdaleitura.com.br

      ResponderExcluir
    3. Oi Bianca,

      não sou adepta de ler fanfics mas acredito que para quem lê e até mesmo para quem escreve é uma forma de estar 'perto' dos personagens.
      Mas respeito a opinião dos autores também, mas achei forte a opinião da Robin Hobb

      Bjoooos
      muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
    4. Nunca fui adepta dessa pratica acho melhor respeitar

      ResponderExcluir
    5. Oi, Bibs

      Eu nunca fui adepta das fanfics, em toda minha vida li apenas uma que foi Harry Potter e o Mistério do Véu Negro nos áureos tempos do Orkut. Outro dia dei uma pesquisada ni google e a história ainda está disponível.
      Olhando pelo lado legal da situação, visto que teve aquele casa da escritora da fanfic que quis ser coautora, acho que os autores estão no direito deles. Em contrapartida, fanfic é uma clara demonstração de amor (na maioria das vezes) aos livros... complicado. Hahaha

      Beijos
      - Tami
      https://www.meuepilogo.com

      ResponderExcluir
    6. Não sou leitora de fanfics, prefiro ler o livro original e este já me basta. Entendo perfeitamente os autores e concordo com a Anne Rice em relação a isso. Mas, desde que o fã não esteja lucrando com a obra de outra pessoa, está em seu direito de escrever.

      ResponderExcluir
    7. Oi Bibs,
      Não sei... nunca pensei de fato no assunto mas acho que eu não gostaria de ver histórias minhas sendo reescritas por aí.
      Entendo que são fãs, mas confesso que não gostaria.
      Beijos
      http://estante-da-ale.blogspot.com/?m=1

      ResponderExcluir
    8. Adoro a Diana e admiro demais diversos autores da lista. O tema é delicado e realmente era de se esperar que houvessem divergências. Acho que tudo depende do nível de inspiração da fanfic. Se os personagens forem muito 'copiados', bem como detalhes da trama, aí complica. Mas caso haja apenas uma leve inspiração para a criação de um outro universo, não vejo tamanho problema. De qualquer forma, é algo a ser pensado, aprofundado... e é maravilhoso observar aqui a discussão de algo pouco debatido!

      semquases.com

      ResponderExcluir

    Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!

    Tecnologia do Blogger.