Resenha: Sem você não é verão

  • 09:00
  • 14 de mai. de 2020
  • Resenha: Sem você não é verão

    Sem você não é verão é o segundo volume da trilogia Verão da Jenny Han. A resenha primeiro livro já saiu por aqui, caso não tenha visto. Como vocês podem ter visto, o final não foi bem o que eu esparava, mas tinha esperança que ia melhorar ao longo da trilogia. Atenção: Pode conter spoilers do primeiro volume.

    Sinopse: Belly sempre passou as férias em Cousins Beach, mas, após o fim de seu breve relacionamento com o Conrad, tudo mudou. Esse será o verão mais difícil de sua vida, o primeiro em que ela ficará em casa, sem a companhia de Susannah e sem as aventuras com os irmãos Fisher.

    No final do primeiro volume, descobrimos que Susannah não estava tão bem da saúde quanto aparentava e por isso Conrad estava tão mal humorado. Além disso, o pai deles estava traindo a mãe mesmo com ela doente. Nesse momento, eu até achei tolerável o mal-humor do Conrad. Mas não justificava ele ser um embuste para Belly.

    Nesse volume, vemos a Belly em seu primeiro verão que não vai para Cousins. Susannah não está mais entre eles e além da dor da perda, ela era a cola entre os meninos e Belly. Sem ela, não tinha porque ir para Cousins.

    Obviamente, ninguém está feliz e Belly não seria diferente. Para ajudar, ela e Conrad tiveram um envolvimento, mas novamente a falta de maturidade do Conrad falou mais alto e, incapaz de lidar com o que sente, ele terminou com ela.

    O término de um namoro é difícil para qualquer um, mas para um adolescente, isso é o fim do mundo. Ao invés de Belly pensar no sofrimento de todo mundo com a morte da Susannah, não. Ela simplesmente só se importa com ela mesma e com Conrad, que não está nem aí para ela.

    Resenha: Sem você não é verão

    A mãe de Belly está visivelmente abalada, mal sai do escritório, nem para comer. Ao invés de ajudar a mãe a superar tudo o que está acontecendo, o que ela faz? Mente para mãe dela e sai correndo com Jeremiah para "salvar" Conrad.

    O garoto simplesmente joga a faculdade para o alto e vai para Cousins. Enquanto está todo mundo preocupado com ele, ele está surfando na praia como se nada tivesse acontecido. Entendo que cada um vive o luto de um jeito, mas eu fiquei com muita raiva dele e da Belly nesse livro. Os dois se merecem, na real.

    O pai dos meninos é um pé no saco também, Conrad teve a quem puxar. Na metade do livro, entendi o que o Conrad queria fazer e até perdoei ele um pouquinho pela atitude, mas só um pouco. Com o desespero de salvar o Conrad, Belly mentiu para mãe que estava com a amiga e não contou isso para Jeremiah, que achava que a mãe dela sabia exatamente o que estava acontecendo. Depois de certo tempo, a mãe dela percebeu o que houve e ficou desesperada, obviamente.

    Mais uma vez, Belly se mostrou imatura, egoísta e uma péssima amiga também. Somente depois de admitir que tinha feito bobagem e contar tudo para mãe é que as coisas começaram a se resolver. A mãe de Belly foi maravilhosa e estou nesse momento lembrando e digitando com os pés, já que as mãos estão aplaudindo essa mulher. Ela defendeu os meninos do pai e a memória da Susannah de uma forma maravilhosa.

    A minha reclamação sobre o primeiro volume em relação a narrativa foi que a autora se limita a narração da Belly. Bom, acho que ela me ouviu. Nesse volume temos a narrativa pelo ponto de vista do Jeremiah alternando com a da Belly. Isso só fez eu me apaixonar mais ainda por ele. 

    O livro ainda tem mais um volume, o final desse me deu uma pontinha de esperança, mas não vou me iludir. Já peguei um spoiler e não estou a fim de ler o último. Belly já é caso perdido para mim, ela não evoluiu em dois livros, não vai evoluir no último.

    É inacreditável que a mesma autora que deu vida a Lara Jean e sua história maravilhosa tenha escrito essa trilogia. Isso não entra na minha cabeça. Estou deixando registrado que se eu ler o último volume é exclusivamente por causa do Jeremiah. 

    Se você já leu e gostou da trilogia, por favor, me explique aí nos comentários. De verdade, eu queria muito ter ficado encantada pela trilogia como fiquei com a de Para todos os garotos.

    Título original: It's Not Summer Without You
    Autora: Jenny Han
    Editora: Intrinseca
    Tradução: Cássia Zanon
    Gênero: Romance 
    Nota: 2
    Skoob



    1. Oi, Raquel!
      Nossa, que chato que você não gostou dessa série. Eu adorei a capa e a sinopse, até coloquei na minha estante do Skoob. Também pensei em comprar o box dos livros, mas agora fiquei com o pé atrás.
      Beijos,
      Gêmeas De Rosa
      Facebook | Instagram | Pinterest

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oii
        Também fiquei bem chateada de não gostar, viu? Adoro a série dos Garotos!
        Muitos livros você encontra na Amazon tipo uma "amostra gratis" deles, as vezes com o primeiro capitulo inteiro, as vezes mais. Dá uma olhada se esse tem e lê antes de comprar o box todo. Porque pra mim foi um balde de água fria
        Beijos

        Excluir
    2. Oi, Raquel

      Que pena que, mais uma vez, não houve evolução da personagem. Como não curto o gênero dificilmente leria, mas vai que rola uma adaptação depois do sucesso que as ultimas estão fazendo, né? Mas tenta ler o último sim, não deixa inacabado... vai que vem uma surpresa por aí? A esperança é a última que morre. ahahaha ;)

      Beijos
      - Tami
      https://www.meuepilogo.com

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oii
        Olha, se tiver adaptação desse espero que eles mudem algumas coisas na trama hahaha Acho que vou ler o último sim, mas não sei se tão logo
        Beijos

        Excluir
    3. Oi Raquel
      As capas são lindas mas o livro em si é péssimo! Eu já quis ler mas perdi o interesse muito rápido. Vejo várias promoções das obras na Amazon, mas fico aliviada de não ter comprado hahahah espero que ao menos o último seja bom.
      Beijo
      http://www.capitulotreze.com.br/

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oii
        Eu amo capas e histórias que tenham praia no meio. Fiquei apaixonada pela sinopse e pela capa, mas infelizmente não rolou. Realmente promoções são um problema, esse peguei numa dessas e olha no que deu haha
        Beijos

        Excluir
    4. Eu acho essas capas super fofas e lindas, mas é uma história que nem me desperta interesse. Uma pena que a leitura tenha sido assim pra você :(
      Beijos
      Balaio de Babados

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oii
        São lindas mesmo, né? Adorei essa edição. Estou meio desanimada com esses romances adolescentes ultimamente. Gosto, mas está sendo uma decepção atrás da outra
        Beijos

        Excluir

    Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!

    Tecnologia do Blogger.