Primeiras Impressões: Shadowhunters, série de TV

Primeiras Impressões: Shadowhunters, série de TV

Então, foi ontem. A série de TV Shadowhunters estreou no dia 12 na TV americana e ontem no Netflix, disponível para todo o mundo, e eu passei o dia INTEIRO ansiando por esse momento. Preciso dizer: não estou nem um pouco decepcionada.


Antes de tudo quero dizer que sou sim shadowhunter. Sou shadowhunter do tipo que tem todos os livros lançados sobre esse universo, do tipo que sabe tudo sobre os próximos a serem lançados, que acompanha o tumblr da Cassandra Clare E da Cassandra Jean (vai que sai desenho novo?). Do tipo que tem anjo mecânico e rubi demoníaco e quote tatuado na pele e quase chorou quando não pode conhecer a Cassandra na bienal de 2014. Acredite quando eu digo: eu amo tanto esse universo quanto você e a próxima pessoa.

E digo isso porque, como fã, eu entendo as ressalvas em relação a adaptações. Amamos tanto aquilo que está nos livros que não queremos mudar e pelas reações que eu vi sobre o filme (que eu considero bom, apesar dos pesares) eu sei que os shadowhunters se importam muito e tem uma opinião bem forte formada a respeito do assunto.

Então, se você ainda não via a série (e se viu, eu peço para fazer um exercício de novo julgamento comigo) eu quero que você tenha em mente que livro e televisão são duas mídias extremamente diferente. A televisão precisa trabalhar com todos os seus sentidos e, enquanto o livro pode te fazer imaginar com os pensamentos da Clary ou dos outros personagens, enquanto ele pode te deixar livre para ver tudo como você quiser, a televisão precisa amarrar isso. Ela precisa prender a atenção, criar momentos de tensão e suspense. E eu acho que, aqui, foi perfeito.

Primeiras Impressões: Shadowhunters, série de TV

Eu gostei muito da série, mais do que eu achei que gostaria. Assim que as noticias sobre ela iam saindo, cada vez mais eu me empolgava. Como muitos, no inicio eu não gostei de certas mudanças, da Maureen como colega de banda do Simon, do Luke como policial, das mudanças de idade... Mas com o tempo me afeiçoei pelas ideais e quando vi na tela, fiquei super feliz.

Claro, houve mudanças. Sempre vai haver mudanças, é impossível que o livro seja o roteiro da série -- e eu nem queria, quando eu quiser ver o que está escrito no livro, fecho os olhos e vejo exatamente o que imaginei quando li. Eu quero ser surpreendida, eu quero os personagens que eu tanto amo ganhando vida, eu quero seguir a mesma história, ainda que por caminhos diferentes. E foi exatamente isso que aconteceu.

Toda a história da Clary vendo Jace, a morte do demônio, a "traição" do Luke, o sequestro de Jocelyn, a primeira runa da Clary... Tudo está ali, mas o fio condutor mudou. Ele é eletrizante e empolgante, ele nos conta a história que tanto amamos com os personagens pelos quais fomos apaixonados, por ângulos diferentes e eu amei isso. Do fundo do meu coração.

Primeiras Impressões: Shadowhunters, série de TV

Sempre achei que Cidade dos Ossos era um livro difícil de "traduzir" porque a mitologia de Os Instrumentos Mortais é tão diferente, porque são tantos detalhes. Depois que você está dentro desse mundo é mais fácil de assimilar as coisas, mas a primeira imersão é um pouco difícil e acho que fizeram um fantástico trabalho com o piloto.


Eu ainda estou zonza e sem saber muito bem o que fazer, mas abaixo listei 12 motivos (porque vão ser 12 episódios) para você assistir ao pilot de Shadowhunters sem medo.


1. É a mesma história pela qual você se apaixonou nos livros;
2. Izzy e as perucas;
3. Izzy e Alec e a discussão sobre as perucas;
4. Shadowhunters tecnológicos! Henry teria tanto orgulho dessa nova geração de caçadores!
5. Kat McNamara. Eu realmente adorei a atuação dela e a imagem grudou na minha mente. Ela é a Clary e tenho dito!


6. Alec sendo a Bitch que ele nasceu para ser e lembrando a gente porque I'M NOT YOUR BITCH é tendência.
7. Alberto como Simon. Sério, eu amo o Robert Sheeran, pra mim ele é a imagem do Simon. MAS O ALBERTO, gente, ele incorporou muito o personagem. Baixou o Simon, mesmo. E eu, que nem curto a personagem, tô amando ele!
8. Jocelyn sendo badass. Mama Fairchild bota pra quebrar e eu não sei escolher se prefiro a luta da Maxim na série ou da Lena no filme. I'M IN LOVE AGAIN.
9. VALENTIM! Ele aparece e já me deu o creeps. Como não amar a cara de insano do Alan?
10. Jace sendo Jace. Aqui já tivemos um vislumbre do nosso egocêntrico preferido. E o "esse é pelo meu pai"? E o "sou Jace Wayland"? SABE DE NADA INOCENTE. Mas tava gato, tava bem. Aceito.
11. A cara do Simon e da Maureen enquanto a Clary conversa com o Jace. PRICELESS...
12. Aliás, falando em priceless, o "traficante da Clary" foi a MELHOR tirada do Simon nesse episódio.

Tá esperando o que, miga sua louca? SE JOGA!

Share this:

, , , ,

COMENTÁRIOS

9 comentários:

  1. "4. Shadowhunters tecnológicos! Henry teria tanto orgulho dessa nova geração de caçadores!" EU PENSEI NISSO. EU FIQUEI SUPER *O*

    "12. Aliás, falando em priceless, o "traficante da Clary" foi a MELHOR tirada do Simon nesse episódio." EU VOU TATUAR ESSE QUOTE NA MINHA TESTA -qqq

    EU AMEI TUDINHO.
    NÃO É ANIVERSÁRIO, MAS A ABC/FREEFORM TÁ DE PARABÉNS!

    ---
    http://surtandocompalavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. TÃO MUITO DE PARABÉNS. E logo, logo tem mais. Tô tão feliz <3

      Excluir
  2. Oii Bibs, tudo bom?
    Pra ser sincera eu não gostei do primeiro livro de ShadowHunters, mas você falou com tanta empolgação da série que estou começando a mudar de ideia e pelo menos dar uma chance a série, haha.
    Ri muito com o seu post mesmo não entendendo algumas coisas (porque não li o livro!), mas adorei!
    Estante de uma Fangirl

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dependendo do que você não gostou no primeiro livro, eu sugiro fortemente a dar uma chance para a série. Estou apostando alto nela, Daniele!

      bjs

      Excluir
  3. Oi, Bibs !
    Poxa, eu vi muuuuuuuuuuitos comentários negativos sobre a série e como nunca li os livros (comecei o primeiro, mas não me chamou muita atenção) fiquei totalmente desanimada em ver a série mas, sério.. Você descreveu a série de uma forma tão empolgante que terei que assisti-la, pena que não tenho netflix..
    Beijos
    Sorvete Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, grande parte do motivo de eu fazer esse post foram os comentários negativos. Tanta baixaria pra cima de uma série que colocou exatamente tudo que precisava ter colocado no roteiro. Tudo que é importante está ali, eu aconselho fortemente a dar uma chance para a série e chegar de mente aberta, especialmente se o mundo chamou a sua atenção.

      bjs

      Excluir
  4. Oi Bibs,
    Eu ainda não li os livros, btw comecei o primeiro hoje, mas gostei muito do pilot. Essa menina que faz a Clary é uma graça. Difícil não gostar dela.
    Adorei os pontos que você ressaltou, eu que não li o livro...gamei no Simon hahaha
    Para série de tv é difícil mesmo levar tudo que a gente lê, porque a intenção é que dure e fique vários anos no ar.
    Mas se tiver a essência já é um bom começo.

    Tenha um ótimo final de semana.
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que goste dos livros, Nana!
      E depois que se apaixonar pelo mundo, pode voar para As Peças Infernais, é umas 10 vezes melhor que Os Instrumentos Mortais :P
      Realmente, a série não pode levar tudo, mas eles foram excelentes e consistentes e mantiveram as partes importantes: o plot principal e a personalidade dos personagens. Não dá pra julgar muito por um piloto de 40 minutos, por isso vou esperar mais uns 5 episódios para fazer uma nova review, mas acredito que vale muito a pena!

      bjs

      Excluir
  5. Heeey, Bibs! Como vai?
    Ainda não li nenhum livro de Os Instrumentos Mortais ou algo da Cassandra Clare, mesmo que eu tenha TODOS, sim, eu disse TODOS os livros. Por que eu não li? Olhe, não me pergunte. Acho que falta de tempo. Mas voltando. Assisti ao filme e ameeeeei, então fiquei bastante empolgada para a série, que estou acompanhando. Pra ser sincera, eu gostei e não gostei. Não me xingue, não me bata, mas é. Eu estou achando a atuação da Kat McNamara fraca e não estou gostando de alguma coisa na Clary que eu simplesmente não consigo saber o que é. E eu nunca gostei do Simon, nem no filme, nem na série, pelo menos não no começo - quem sabe, né? Mas o Jace, ahhhhhhh, o Alec, ahhhhhh, a Izzy, ahhhhhh, sou apaixonada por eles em qualquer forma, seja livro, filme ou série ♥ Mas eu acho que com o tempo a série vai melhorar para mim e eu vou gostar ainda mais, porque não é que eu não gostei, eu só não gostei tanto quanto eu achei que gostaria. E espero ler os livros em breve; assistir me dá vontade de ler.
    Beijinhos,
    Karol.
    www.heykarol.com

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!