#RenéeAhdiehNaAlt: Fangirl: A Fúria e a Aurora

  • 09:00
  • 6.2.17
  • A Rosa e a Adaga está chegando às livrarias, então, para preparar nosso emocional e nosso psicológico, esta semana será dedicada à apresentar e falar um pouco o primeiro livro da duologia, intitulado A Fúria e a Aurora - uma das minhas melhores leituras de 2016.


    O primeiro volume já ganhou resenha aqui no blog, então essa resenha ilustrada é mais para mostrar, através dos gifs, meus sentimentos durante a leitura dessa maravilha da literatura - e só os deuses sabem o que espera meu coração no segundo livro!

    Se você já conhece ou quer conhecer, então vem comigo nesses surtos.

    A história é uma recontagem de As Mil e Uma Noites. Caso você não conheça, o resumo da obra original é esse: um califa cruel assassina suas esposas em toda noite de núpcias, até que conhece Sherazade. Ela o engana através de histórias, começando os contos sem finalizá-los até o amanhecer. Curioso com o fim das histórias, o califa aceitava mantê-la viva até a noite seguinte, quando ela continuaria a história nesse ciclo de nunca revelar o fim, conseguindo assim ganhar o coração do cruel governante.


    Incrível, né? Pois bem, A Fúria e a Aurora tem a mesma essência do original. Sim, o califa mata suas noivas. Mas não, não porque ele é cruel.


    Inclusive, o califa, Khalid, é o tipo de homem que você gostaria de abraçar e proteger das crueldades do mundo, porque ele é muito quebrado.


    A história se inicia com nossa protagonista e heroína, a corajosa e teimosa Sherazade. Ela se voluntaria como a nova esposa de Khalid, e tece um plano para impedir que ele a mate ao amanhecer.


    Daí para frente, muitas emoções é pouco para definir o que é esse casal.


    Sherazade é o tipo de mulher que não leva desaforo para casa. Mesmo sob ameaça de morte, ela peita Khalid e mostra que está ali para acabar com esses assassinatos cruéis.


    Mas lembra quando eu disse que o Khalid não era cruel? Pois é, tem um motivo para as mortes.


    Só que óbvio que não vou contar, é spoiler.

    Sherazade se determina a descobrir esse motivo, e aí as coisas ficam complicadas.


    Porque, claro, o Khalid não quer que ela descubra. Porque, se ela descobrir, as coisas podem ficar feias para ambos os lados - feias no sentido de é um segredo muito doloroso.


    E ah, tem uma rebelião começando.


    A galera dos reinos vizinhos está meio alvoroçada com a crueldade do califa, e querem ele fora do trono. Por bem ou por mal - na real eles querem por mal, mas a gente releva aqui.


    Nesse meio tempo, Khalid e Sherazade se aproximam. E é TÃO LINDO!


    O amor entre eles nasce inesperado e sutilmente e se torna uma coisa gigantesca e apaixonante. Khalid se curva perante a sua rainha, e você só quer amá-los por esse relacionamento tão incrível.


    Outros personagens maravilhosos aparecem no decorrer do livro, como Jalal - general de Khalid - e Despina - uma grega que caiu de paraquedas ali. Ah, e você vai shippar esses dois. Prepara!


    Ah, eu quero falar mais um pouco sobre o Khalid. QUE HOMÃO! QUE CALIFA! QUERO UM PRA MIM!


    Ele não é o monstro que as histórias contam, mas uma das maiores vítimas de toda essa trama complexa envolvendo o motivo dos assassinatos.


    Quando você descobre o motivo, aliás, quer chorar e abraçar o Khalid ainda mais do que já queria antes.


    Também vai pedir altas doses de tequila, porque quando começa a pensar em como vão resolver isso, só consegue se desesperar sem ver uma saída.


    Enfim, A Fúria e a Aurora tem tudo. Um romance de tirar o fôlego, uma protagonista feminina badass, um casal poderoso e apaixonante, coadjuvantes carismáticos e alguns plot twists de assustar.


    Ah, e o final vai te deixar caída no chão por umas horas. Nada que a gente não esteja acostumada, certo?


    E a brecha do cliffhanger que vai nos levar até A Rosa e a Adaga promete muitos problemas cardíacos na leitura do segundo livro.


    Meu corpo e minha alma estão totalmente preparados para tudo que A Rosa e a Adaga vai me entregar. Só vem!


    1. Oi Denise!

      Estou doida pra ler A fúria e a Aurora! Adoro As Mil e Uma Noites e só leio críticas positivas do livro! Amei a resenha e os gifs!

      Bjs, Mi

      O que tem na nossa estante

      ResponderExcluir
    2. Hahahaha adorei o estilo da resenha com gifs! Amei de paixão esse livro, tô louca pela continuação <3

      xx Carol
      http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir

    Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!

    Tecnologia do Blogger.