Resenha: Dumplin'

Resenha: Dumplin'

Dumplin’, lançamento da Editora Valentina, que cedeu um exemplar para a resenha, é uma história divertida e muito inteligente sobre uma garota que mostra que para ser confiante e amar a vida não tem nada a ver com o número da balança.
SinopseEspecialmente para os fãs de John Green e Rainbow Rowell, apresentamos uma destemida heroína e sua inesquecível história sobre empoderamento feminino, bullying, relação mãe e filha, e a busca da autoaceitação. Sob um céu estrelado e ao som de Dolly Parton, questões como o primeiro beijo, a melhor amiga, a perda de alguém que amamos demais e “estou acima do peso e ninguém tem nada com isso” fazem de Dumplin’ um sucesso que mexerá com o seu coração. Para sempre. Gorda assumida, Willowdean Dickson (apelidada de Dumplin’ pela mãe, uma ex-miss) convive bem com o próprio corpo. Na companhia da melhor amiga, Ellen, uma beldade tipicamente americana, as coisas sempre deram certo... até Will arrumar um emprego numa lanchonete de fast-food. Lá, ela conhece Bo, o Garoto da Escola Particular... e ele é tudo de bom. Will não fica surpresa quando se sente atraída por Bo. Mas leva um tremendo susto quando descobre que a atração é recíproca. Ao contrário do que se imaginava – a relação com Bo aumentaria ainda mais a sua autoestima –, Will começa a duvidar de si mesma e temer a reação dos colegas da escola. É então que decide recuperar a autoconfiança fazendo a coisa mais surreal que consegue imaginar: inscreve-se no Concurso Miss Jovem Flor do Texas – junto com três amigas totalmente fora do padrão –, para mostrar ao mundo que merece pisar naquele palco tanto quanto qualquer magricela.
Willowdean, ou mais conhecida por Willow, é a protagonista. Dumplin’ é o apelido que ela recebeu da mãe, desde pequena, mas não curte muito. É difícil não gostar de Will, com todos os seus sonhos e vontades, sua confiança, mesmo que ela não perceba, e sua coragem de querer viver a vida, independente de onde está e como está.
- Tive um dia muito cansativo. Preciso de um tempo. 
Marcus resmunga não sei o quê sobre TPM e, para minha surpresa, vem a voz de Bo da cozinha: 
- Por que ela não pode estar tendo um dia ruim? Não precisa inventar nenhum motivo idiota pra isso.No escritório, Ron solta um assovio baixinho.
A história se passa em uma pequena cidade do Texas, Clover City, onde metade do ano é focado no maior triunfo do lugar: um concurso de miss. A mãe de Willow, inclusive, foi uma das vencedoras há muitos anos e toda vez que essa época chega, é uma das organizadoras do evento. Pode-se dizer que parte da história também gira em torno desse concurso, pois é a partir dele que Will começa a construir a confiança em si mesma e percebe que para fazer o que ela deseja, só é preciso querer.

Resenha: Dumplin'

Todo o ano, quando o concurso se aproxima, a mãe de Will fica obsessiva, o que só faz a garota querer passar longe dele desde criança. Mas após muitos acontecimentos que parecem ter se transformado numa bola de neve, Will começa a refletir como seria sua participação no concurso. É então que, através do mau relacionamento com a mãe, a tristeza pela morte recente da tia querida, seu afastamento de Bo, o garoto que ela tem uma paixonite forte e teve um romancezinho no verão, e o distanciamento da melhor amiga, Will decide entrar. Se todas aquelas garotas podem, por que ela não poderia?
- Minha mãe é doida de pedra. Desculpe. 
- Vocês se parecem. 
Tento engolir, mas minha boca está seca feito um deserto. Ninguém jamais tinha dito isso sobre mim e  mamãe. Era sempre em relação da Lucy. Você se parece com sua tia. Não me envergonho disso, mas gosto da ideia de ter puxado à minha mãe.
Ao poucos vemos a personagem evoluir, passando por altos e baixos e provações que, tanto derivam dos fatores externos quanto de dentro de si. O enredo é muito real, pois a evolução dela não é algo reto e somente crescente. Will evolui porque comete erros, porque alcança a maturidade para resolvê-los e, conforme as coisas vão acontecendo, ela também perde um pouco da confiança em si mesma, o que é um motivador interno para que aumente sua coragem e comece a fazer as coisas, recuperando sua confiança por si só, algo que ela nem notava que tinha antes de perdê-la.

Os personagens secundários são bem construídos e durante a narrativa acabamos conhecendo o suficiente sobre eles para que haja uma estrutura bem formada na história, sem que estejam ali apenas para dar continuidade à história da protagonista.

Resenha: Dumplin'

A narrativa é excelente, muita fluída e rápida, nada cansativa. Há muitas tiradas engraçadas e acontecimentos muito reais, sentimentos muito reais. É uma história divertida, sincera e verdadeira. O livro me surpreendeu muito, pois admito que esperava algo diferente, o que foi bom, pois não teria gostado tanto quanto gostei se fosse aquilo que eu imaginava. Uma das coisas mais legais também no livro é que ele é cheio de referências à Dolly Parton, o que é incrível, porque até mais sutil das coisas se descobre ser o nome de uma música da cantora. A relação que a autora fez da Dolly com a Will é muito bem construída e me fez querer ouvir as músicas delas durante um dia inteiro.
- Você detesta esse apelido, não detesta? 
Sorrio. 
- Não tanto como no passado. 
- Posso parar de te chamar... 
- Não. Acho que já o assumi. - Às vezes, descobrir quem você é implica entender que o ser humano é um mosaico de experiências. Eu sou Dumplin', Will e Willowdean. Gorda. Feliz. Insegura. Corajosa.
Resenha: Dumplin'

Adorei a capa, representa muito bem a história. A margem permite muito bem a leitura sem precisar abrir demais o livro e a fonte é ótima para leitura rápida. A única coisa que me incomodou foi o aumento do tamanho da fonte na primeira página de cada capítulo, talvez seja o TOC. Fora isso, a edição está ótima.

E por fim, devo dizer que o livro me encantou e assim que finalizei a leitura, fiquei com vontade de carregá-lo para todo lado e reler umas 10 vezes. Com pouco mais de 200 páginas, ele deixa um gostinho de quero mais e é impossível não ficar imaginando o que aconteceu depois da última página. Bem que podia vir um volume dois, que eu não ia reclamar hahaha.

Título original: Dumplin'
Autora: Julie Murphy
Editora: Valentina
Gênero: Young Adult
Nota: 4

Saiba mais: Skoob | Amazon

Share this:

, , , ,

COMENTÁRIOS

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!