Quais os melhores contos de Seres Mágicos e Histórias Sombrias?

  • 09:00
  • 11 de set. de 2020
  • Quais os melhores contos de Seres Mágicos e Histórias Sombrias?

    Há algum tempo, antes de finalizar a leitura de Seres Mágicos & Histórias Sombrias, eu já tinha comentado sobre os 3 contos preferidos até o momento. Então agora que eu terminei a leitura de todos eles, decidi que seria legal falar um pouco de cada um dos contos que mais chamaram minha atenção.

    Escolhi aqueles que dei nota 4 ou mais e se você já acompanha o nosso Instagram, pode ter uma ideia de quais são eles. Então, vamos lá?

    1 - Pesos e Medidas, Jodi Picoult

    Pesos e Medidas foi o meu primeiro contato com a escrita da Jodi Picoult e eu não poderia ter começado melhor. O conto narra a trajetória de um casal após a perda de sua filha, ainda criança. Utilizando metáforas e um realismo fantástico sutil, Jodi retrata o luto de maneira sensível e delicada, demonstrando os impactos de uma perda tão trágica na vida dos pais.

    Em poucas páginas, Pesos e Medidas me sentir profundamente as emoções dos pais e a estranheza de viver em um mundo onde a filha não mais existia. Foi tocante e me arrancou lágrimas, como eu não achei que um conto pudesse fazer.

    Minha nota foi 5 e favoritado.

    Quais os melhores contos de Seres Mágicos e Histórias Sombrias?

    2 - Pegar e Soltar, Lawrence Block

    Em Pegar e Soltar, somos apresentados a um pescador que, também, calha de ser um serial killer. Na trama de Lawrence Block, somos apresentados a ideia pura de poder e controle, e no êxtase que isso traz para a vida do protagonista.

    Embora eu tenha achado a ideia um tanto batida, quanto mais tempo passa da leitura, mas eu gosto do conto. A ideia principal e inquietante parte do princípio de que o protagonista escolhe suas vítimas, criando uma situação onde ele tenha total controle sobre a vida e a morte delas, e logo em seguida as solte. Na maioria das vezes, elas nem percebem o risco que correram.

    E é inquietante porque é tão próximo da realidade. Quantos serial killers não foram descritos como homens normais, integrantes ativos de suas comunidades e até mesmo charmosos? Afinal, Ted Bundy, BTK (Dennis Lynn Rader) e Rodney Alcala pareciam todos acima de qualquer suspeita. Pega e Soltar é o tipo de conto que cutuca naquele medo que está sempre se escondendo no fundo da mente.

    Minha nota foi 4.

    3 - Perdedor, Chuck Palahniuk

    Em Perdedor, Chuck Palahniuk nos leva por uma viagem - talvez literal? - pela mente de um participante de um daqueles programas de auditório onde os participantes tem a chance de ganhar prêmios ao adivinharem o preço dos produtos.

    Perdedor é um conto bem curto e também meio confuso - já me falaram que é uma característica do autor. Enquanto tudo acontecia e o protagonista divagava sobre o valor real de todas aquelas coisas materiais, a impressão que eu fiquei é que tudo estava acontecendo dento da cabeça dele, enquanto ele estava chapado demais deitado na própria cama.

    Minha nota foi 4.

    Quais os melhores contos de Seres Mágicos e Histórias Sombrias?


    4 - O diário de Samantha, Diana Wynne Jones

    O diário de Samantha se passa em um futuro distante - mais ou menos 200 anos no futuro. Mas é um universo muito parecido com o nosso e, para ser sincera, com a popularização de assistentes como a Alexa, Siri e o Google, podemos ambientá-lo facilmente nos dias de hoje.

    Na história, Samantha é apresentadora de uma programa de TV e passa a receber estranhos presentes pelo correio de um stalker que acreditar estar cortejando-a.

    Fiquei realmente envolvida no conto, que nos é transmitido através de um diário de voz de Samantha. Mas o fim acabou quebrando um pouco a magia para mim. Eu estava esperando algo diferente e prontíssima para ter outro conto 5 estrelas. 

    Mas o fim foi mesmo broxante pra mim e acabei tirando um ponto da nossa por isso. No mais, é uma história que realmente poderia acontecer nos dias de hoje - e é bem assustador pensar em todo o poder e a invasão de privacidade que esses assistentes eletrônicos promovem.

    Por muito tempo tudo que eu imaginei sobre esse conto foi essa cena aqui de Nós:


    Minha nota foi 4.

    5 - Terra dos Perdidos, Stewart O´Nan

    Aqui, Stewart O'Nan nos conta a história de uma mulher de meia idade, divorciada e com os filhos morando fora de casa, que acaba obcecada por encontrar o corpo de uma vítima de assassinato.

    O que eu mais gostei em Terra dos Perdidos é que ele é simples, não precisa ser mirabolante nem nada. É despretensioso. E por isso acaba prendendo a atenção. A protagonista é alguém com quem a gente consegue se identificar, especialmente na sua busca por algum significado.

    Minha nota foi 4, mas favoritado.

    Quais os melhores contos de Seres Mágicos e Histórias Sombrias?

    6 - Indisposta, Carolyn Parkhurst

    O que dizer que um conto que eu mal conheço e já considero pacas? Indisposta me pegou de surpresa, porque eu não estava esperando gostar tanto. Nele, conhecemos duas irmãs já idosas com um relacionamento bastante complicado que pode culminar, ou não, em morte.

    Gostei muito de como todos os sentimentos da Arlete foram trabalhados. A inveja, avareza, prepotência, seu egoismo e egocentrismo, todo o desprezo que guardava pela irmã que sempre acabou a sua sombra. E como tudo gira única e exclusivamente ao redor do egocentrismo da protagonista e sua visão distorcida das coisas.

    Fiquei muito surpresa, quanto mais tempo passa, mais eu gosto dele - tanto que acabei mudando a nota depois de comentar sobre ele no IG. Verdadeiramente um episódio de Irmãs Perversas, do Discovery ID.

    Minha nota atual é 5.

    7 - Uma vida em ficção, Kat Howard

    Em Uma Vida em Ficção, Kat Howard nos leva pela vida de uma mulher que é completamente bagunçada sempre que o namorado começa a escrever uma história. Isso porque, ao usá-la como inspiração para suas criações, o escritor acaba tirando pedaços dela e, as vezes, colocando-a literalmente dentro da história.

    Assim que comecei a ler Uma vida em ficção eu me apaixonei. A forma como a autora escrever, as linhas que transformavam essa história em uma incrível metáfora para relacionamentos abusivos, como ela conseguiu escrever sem deixar o leitor confuso - não foi o primeiro conto do livro onde pessoas entravam em livros/personagens ganhavam vida, mas certamente foi o mais bem feito.

    Eu estava pronta para panfletar muito o conto, mas aí chegou o fim. E eu sempre me pergunto se autores que de fato conseguem vender sua obra se sentem como eu, que raramente sei como terminar uma história. Porque o fim estragou tudo pra mim, não funcionou comigo. Parece que mudou o tom em relação a todo o resto do conto e me decepcionou. Ainda assim, é uma história que super vale a pena. E daria um romance muito bom, também.

    Minha nota foi 4 - pendendo um pouquinho para o 3,5.

    Quais os melhores contos de Seres Mágicos e Histórias Sombrias?

    8 - Linhas Paralelas, Tim Powers

    Linhas Paralelas é outro conto que podia relatar a história de um episódio de Irmãs Perversas. Nele, uma gêmea já idosa tenta lidar com o luto pela perda da irmã. Quando sua mão começa a escrever sozinha, ela percebe que a irmã está tentando se comunicar com ela.

    Mais uma história sobre a perversidade das irmãs, sobre controle, egocentrismo e relacionamentos familiares tóxicos. Gostei dessa ideia de lidar com os "poderes de gêmeos" e ainda mais do desenrolar da história. Parece que falar muito mais dele vai entregar a história, mas de uma forma geral, a vingança é mesmo um prato que se come frio, ein?

    Acabei subindo minha nota depois que pensei mais nele, dei 4,5.

    9 - O culto ao nariz, Al Sarratonio

    Esse era um conto que eu estava curiosa para ler desde que a Mi, do Na Nossa Estante comentou sobre ter sido seu favorito da coletânea. De forma geral, O Culto ao nariz especula sobre uma "teoria da conspiração", onde pessoas com um nariz falso aparecem em imagens de tragédias e caos, como se fossem alimentadas por isso.

    Eu estava bastante envolvida com o conto e a teoria, com o universo que o autor desenvolveu. Por isso, quando chegou o fim e puxou uma explicação mais "humana" para toda aquela situação, foi bem um baque. Eu realmente não estava esperando por isso, ainda que em retrospecto você consiga enxergar todos os presságios. Gostei bastante!

    Minha nota foi 4.

    E agora me contem vocês: já leram Seres Mágicos e Histórias Sombrias? Já conheciam algum desses autores?

    1. Temos muitas sugestões de contos. Eu logo simpatizei com pesos e medidas, parece ser uma história triste e emocionante ao mesmo tempo. Pegar e Soltar e Linhas Paralelas, parece ser o tipo de história que eu não curto muito, eu não li os contos, mas se for na vibe mais assustador, eu nem ousaria os ler. Mas eu adorei as indicações, tem conteúdos bem cariados. Beijocas!

      https://resenhabookshouse.blogspot.com/?m=1

      ResponderExcluir
    2. Olá, Bianca.
      Eu acompanhei sua leitura pelo Instagram. Apesar de achar essa edição arrasadora, eu não sou muito fã de livros de contos. Mas teve alguns ai citados que fiquei muito curiosa para conhecer. Tem vários livros que leio e a história é fantástica e chega no final eu acabo baixando a nota. Deve ser muito dificil terminar uma história. Por isso já ouvi alguns autores falando que começam suas histórias pelo final hehe.

      Prefácio

      ResponderExcluir
    3. Oi Bianca,
      Se não fosse você me falando o nome do livro, eu NUNCA descobriria, rs.
      Eu nem sabia que era um livro de contos, porque sinceramente, não faz meu gênero, porém eu sempre tive vontade de ler algo da Jodi Picoult, sempre fico pensando em pegar um livro dela no unlimited. Então, foi o conto que mais chamou minha atenção.
      beijos
      http://estante-da-ale.blogspot.com/

      ResponderExcluir
    4. Oi Bi, fico feliz por não ter sido a única enganada pelo conto O culto ao nariz rsrsrrs quando terminou eu fiquei me perguntando como eu não tinha percebido, estava de fato diante do meu nariz rsrsrsr E gostei demais de Uma vida em ficção, fiquei dias pensando no assunto. Que bom que vc tb gostou!!

      Bjs, Mi

      O que tem na nossa estante

      ResponderExcluir

    Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!

    Tecnologia do Blogger.