7 Livros para quem gosta de Sarah J. Maas - Queria Estar Lendo

7 Livros para quem gosta de Sarah J. Maas


Hoje eu quero falar sobre livros de fantasia contemporâneo, e vou usar a Sarah J. Maas como exemplo para começar essa lista. Todo mundo que ama Trono de Vidro e/ou Corte de Espinhos e Rosas, assim como eu, talvez procure por títulos que passem os mesmos sentimentos que os livros da Sarah conseguem passar. 

Eis o fim dos seus problemas! Ou o começo deles, já que aqui só vou listar títulos pra arrancar seu coração do peito e te deixar rolando pelo chão - como todo bom livro deve fazer.


 

Trilogia Grisha + Six of Crows (Leigh Bardugo)
O universo dessa série é inspirado na Rússia czarista e em lendas daquela região; Leigh Bardugo criou um mundo rico, cheio de personagens carismáticos e jornadas surpreendentes. As descrições e a narrativa enchem os olhos.

De bônus, a Trilogia Grisha deu origem à Six of Crows, uma duologia que tem intrigas por poder, uma ambientação noir inebriante e um sexteto de protagonistas que vai roubar seu coração.


Truthwitch (Susan Dennard)

Susan é melhor amiga da Sarah J. Maas - e eu só consigo imaginar as duas sentadas no sofá rindo maleficamente ao pensar nas crueldades que vão fazer com seus leitores. Amo. 

Truthwitch é ambientado em um mundo mágico onde as pessoas nascem com dons (os chamados bruxos) ligados aos elementos - fogo, terra, água, ar, sangue, verdade, as linhas da vida. Na história, acompanhamos duas personagens femininas ligadas pelo destino e por um laço mais poderoso que qualquer outra coisa; uma delas é uma herdeira fugindo de seus deveres e a outra está sendo caçada pela raridade dos poderes que possui. Pense em personagens bem desenvolvidos, relacionamentos arrepiantes e cenas de ação de tirar o fôlego: eis Truthwitch.




Trilogia do Vencedor (Marie Rutkoski)

Uma das minhas mais amadas e adoradas para todo sempre, essa trilogia retrata um império e o reino caído e subjugado por ele e dois jovens com os destinos entrelaçados em meio a uma possível rebelião - de um lado, a filha de um oficial militar do império; do outro, o garoto que pertence ao lado caído e vê sua liberdade ser tomada pela tirania.

Existem N motivos pra eu amar e idolatrar essa trilogia. Os personagens são extremamente bem construídos e desenvolvidos, as tramas políticas são maravilhosas e geniais, os esquemas da guerra, das traições, dos jogos de poder, tudo é muito bem entrelaçado com a trama principal. Kestrel e Arin são protagonistas carismáticos e é impossível, repito, IMPOSSÍVEL não se arrepiar com todas as cenas de envolvimento entre os dois.




Mais uma história sobre rebeldes lutando contra a opressão; aqui, acompanhamos Laia, uma jovem escrava que busca na rebelião uma maneira de se vingar pela morte de seus familiares, e Elias, filho da comandante do exército imperial, subjugado pelo poder da mãe e pelas expectativas de se tornar um soldado exemplar, mesmo quando isso vai contra sua própria consciência.

Esse livro tem vários núcleos interessantes e trata a humanidade de seus personagens com perfeição. Elias e Laia são cheios de vida, sonhos e temores, e os coadjuvantes ao seu redor enriquecem a trama de tal maneira que você se desespera sem saber o que quer que aconteça. Mesmo os soldados imperiais têm sua humanidade. Mesmo a comandante não é um monstro completo. É o tipo de livro que não dá pra largar até você terminar.


An Enchantment of Ravens (Margaret Rogerson)

Um romance surpreendente que envolve magia imortal e feéricos, como todos os leitores da SJM estão acostumados e amam. Nessa história, um encantamento é como o desejo de um gênio; se um feérico lhe presentear com isso, pode conceder o que você quiser. Mas toda magia tem um preço, e a vida de uma jovem pintora se entrelaça a do rei de uma das cortes feéricas por causa de um mal entendido. Para escapar da morte, ela precisa aprender a jogar conforme o poder dos imortais.

É um livro único - que já é um bônus considerável pra uma lista que só trouxe séries pra cá - e, com uma narrativa simples e poética, entrega uma ambientação rica e personagens multifacetados. Isobel e Rook são adoráveis, teimosos e divertidos de acompanhar. A magia feérica é bem diferente e bizarra e exótica e suas descrições são de encher os olhos.


The Falconer (Elizabeth May)

Abram alas para eu falar do meu novo favorito! A série Fallen Kingdoms conta a história de uma garota que nasceu com um dom único - ela está conectada ao mundo mágico dos fae e é uma das poucas capazes de atravessar véus e enxergar e dialogar com as criaturas da outra dimensão; ela é uma caçadora e está em busca de vingança pela morte da mãe, causada por uma feérica cruel.

Pense num livro com uma protagonista poderosa, sem farpas na língua, que não tá nem aí pras regras da sociedade, mas que respeita as outras garotas que gostam de participar; pense num interesse amoroso misterioso e sombrio que tem uma ligação arrepiante com a protagonista. Pense numa mitologia bem detalhada e em cenas de ação de tirar o fôlego, tudo isso em uma Escócia steampunk. Pois é, vai encomendar esse livro agora mesmo!


A Rebelde do Deserto (Alwyn Hamilton)

Em meio às areias do deserto de Miraji, uma pistoleira acaba tendo seu caminho entrelaçado ao de uma rebelião crescente; a intenção de Amani não era de se juntar às forças rebeldes, mas aparentemente o destino tinha outros planos para a bandida de olhos azuis.

O universo inspirado em lendas árabes e ambientado num mundo bastante semelhante àquela região faz parte de uma trilogia cheia de adrenalina e de personagens cativantes. Amani é uma protagonista fantástica, ciente do próprio poder; além da rebelião contra o governo tirânico de um sultão muito perspicaz quanto à guerra, a autora também introduz bastante da mitologia, principalmente em relação aos djinnis - gênios traiçoeiros aprisionados pelas areias do tempo.


Wintersong (S-Jae Jones)
Por último, outra história que envolve dimensões mágicas paralelas à realidade. Aqui, temos muito de música e de inverno. Liesl está ligada ao Rei Goblin, só não sabe disso ainda; sua música fala com a dele, e a garota é a única capaz de impedir o reino subterrâneo de cair para as sombras eternas - e também a única capaz de salvar a vida de sua irmã.

É através de versos poéticos e de uma melodia silenciosa que a autora entrega essa história sensível e apaixonante. É um livro bem sombrio, mas cheio de vida e de uma riqueza de detalhes que te transporta para as paisagens mórbidas e esquecidas do reino invernal, através do mistério do Rei Goblin e das músicas esquecidas de sua protagonista.

Essa é uma pequena listinha de todos os livros maravilhosos que estão aí para quem ama fantasia. Já leram algum desses? Têm interesse?


Share this:

, , , , , , , , , ,

COMENTÁRIOS

9 comentários:

  1. Oi, Denise

    Eu ainda não li nada da Sarah porque fantasia não é um.gênero que eu curto muito, mas comprei o box de Corte de Espinhos Rosa na Black Friday e vou dar uma chance. Truthwitch apareceu no Goodreads pra mim uma vez e eu adorei a capa.
    Wintersong também tem uma capa linda, imagina ela em hardcover? Hahahaa
    Esse ano eu pretendo ler mais fantasia, vamos ver se eu leio algum desses! :D

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tami!
      O bom da Sarah é que a Fantasia dela não é só Fantasia, estilo Tolkien e cia. Tem muito romance também pra equilibrar, e é inclusive um dos maiores focos da série ACOTAR!
      Truthwitch virou um favorito da minha vida, amo mais que lasanha.
      Posso atestar que o hardcover de Wintersong é MARAVILHOSO, eu comprei e venero muito a edição. Tem foto na resenha se quiser dar uma olhada!

      Beijos.

      Excluir
  2. Oi, Denise!
    Amo Grisha! Já quero o livro do meu Nikolai <3 <3 <3 An Enchantment of Ravens é maravilhoso!
    Quero muito ler Truthwitch e Wintersong.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  3. Oi De, eu definitivamente estou por fora das fantasias! Mas faz tempo que ando de olho na Trilogia do Vencedor e agora fiquei interessada em The Falconer

    Bjs, Mi
    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  4. O segundo livro que citou, já quero. Nunca li nada da Sarah, mas ouço as pessoas falarem muito bem.

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
  5. Não conheço a autora e nem leio esse gênero, mas admiro demais essas capas MUITO incríveis hahahah

    Beijos
    Próxima Primavera

    ResponderExcluir
  6. Eu ainda não conheço - de ler - essa autora. Mas ouço TODO MUNDO falar muito bem dela! Estou juntando dinheiro para comprar o Box de Corte, já que parece ser muito boooom! ☺ Também quero ler alguns livros dessa lista, como a série da Rebelde do Deserto. Os Delírios Literários de Lex

    ResponderExcluir
  7. Ainda não li nada da autora.

    Tem sorteio novo la no blog, te convido a participar! http://www.cobaiaamiga.com/2018/03/resumo-da-semana-sorteio-makes.html

    ResponderExcluir
  8. Preciso ler os livros dela, vejo sempre resenhas por aí e cada vez mais fico com vontade de conhecer sua escrita!

    Amei as dicas de livros <3

    Inclusive, indiquei seu post nos Links do Mês lá no blog!

    Beijos
    Inverno de 1996

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!