12 casais para conhecer e amar - Queria Estar Lendo

12 casais para conhecer e amar


Aproveitando o clima do Dia dos Namorados e o fato de que listinhas dos nossos ships favoritos são sempre bem-vindas, hoje vamos falar de 12 casais da ficção que lemos recentemente e que fizeram nosso coração acelerar porque é muito amor!

Denise:


- Lucy e Jasper (Nos Bastidores da Fama)
Sabe aquele slow burn gostoso que aparece de repente e você só quer que os dois se amem logo porque meu deus vocês foram feitos um para o outro? É o caso da Lucy e do Jasper. Eles são colegas de elenco na adaptação de Dinastia, o livro favorito da vida da Lucy, e a química em tela e fora dela faz a gente roer as unhas porque NÃO PODE SER SÓ ATUAÇÃO. Jasper é um doce e um fofucho e a Lucy é a representação exata de uma fangirl se tivesse que atuar com um dos seus crushs famosos; você vai passar o livro inteiro torcendo por esse ship.

O tipo de casal misterioso que tu não tem certeza se vai funcionar na realidade, mas torce com todas as forças pra que sim porque no mundo virtual eles são tão perfeitos. Blue é uma incógnita e a única pessoa no universo para quem o Simon se abre sobre tudo - especialmente sua sexualidade. Através dos e-mails trocados entre os dois, surgem flertes e provocações fofas e você fica rolando pelo chão, imaginando o momento em que eles finalmente vão se encontrar e ser felizes porque MERECEM O MUNDO.

- Jasminda e Jack (Song of Blood and Stone)
Pisa mais em mim com amor proibido e angst que tá pouco, universo literário. Esse casal foi uma surpresa tão grande que eu nem sabia o que esperar, mas de repente estava jogada no chão chorando e implorando aos deuses pra que os dois pudessem ser felizes. Jasminda e Jack são de mundos distintos; ele, privilegiado, ela, marginalizada. Ele, mortal, ela, poderosa e abençoada. Os dois nunca poderiam entregar o coração um para o outro, mas por acaso isso importa quando o amor fala mais alto? Eu amei cada segundo de interação, com o relacionamento foi construído em cima de confiança e entendimento, como Jack respeitava a Jasminda e entendia tudo pelo que ela passava, como queria usar seu privilégio para mudar isso; e como Jasminda era poderosa e amorosa e como via o coração incrível que Jack possuía. Eu amo um casal e morreria para protegê-los.

- Bailey e Porter (Alex, Approximately)
Eu queria gritar e rolar no chão toda vez que esses dois interagiam e eu não tô exagerando. Cheguei a gritar contra um travesseiro porque era muito amor e muita química e os flertes e as provocações, ELES SÃO MUITO PERFEITOS UM PARA O OUTRO. Primeiro que o Porter é uma gracinha; meio Han Solo, todo trabalhado no sarcasmo e na presença, ele e a Bailey começam com o pé esquerdo. É aquele tipo de ship que se bica por qualquer coisinha e de repente tem AQUELE MOMENTO em que eles percebem que se gostam. A autora conseguiu desenvolver todas as fases do relacionamento tão bem que quando chega no ship de fato você já tá entrando em combustão.

Bianca:


- Eelyn e Fiske (Sky in the Deep)
Existem opiniões contrárias, mas eu amo um ship que começa se odiando e no fim descobre que é mais parecido do que gostaria. Foi um slow burn que quase me escaldou e eu nem percebi, um romance que mudou a forma deles verem o mundo e as disputas entre seus clãs, e eu sou apenas MUITÍSSIMO APAIXONADA especialmente por um ship que tem o momento "what changed your mind?" que entendedores entenderão. Eles são trabalhados de uma forma muito delicada, da qual fui muito fã. Eu só queria me esticar no chão e gritar cada vez que eles interagiam.

- Thomas Creswell e Audrey Rose (Rastros de Sangue: Jack, o Estripador)
Queria dizer que todas aqui gostam de sofrer com um slow burn, e MEU DEUS como esses dois são slow burn, piorado pelo fato de ser uma série, o que quer dizer que vão continuar me cozinhando por mais dois livros, no mínimo. Thomas e Audrey Rose são inteligentes, corajosos e com um senso de humor afiado. Outro casal que começa meio desconfiado um do outro, mas que conforme tentam descobrir a identidade do assassino, se aproximam cada vez mais. Thomas é o único homem na vida de Audrey a não tentar podar sua liberdade, e o fato de muitas vezes vê-la - e tratá-la - como uma igual, algo tão raro na época vitoriana, conquista Audrey Rose aos poucos. E também a minha pessoa, porque eu basicamente passei o livro inteiro morrendo pelos dois e pelo romance meio Han/Leia deles. 

- Lílian e Gregório (Lílian e Gregório e a Segunda Chance)
Ah, o que dizer desses dois corações partidos? Lílian e Gegório se conheceram no começo da faculdade e tiveram um romance fofo e cúmplice, até que a Lílian colocou tudo a perder e precisa correr atrás de uma segunda chance. O romance deles, contado em dois tempo, é doce e ao mesmo tempo agridoce, é nostálgico e doloroso, sofrido e corajoso. Eles precisam aprender a confiar um no outro novamente, precisam juntar os pedaços dos corações partidos e andar por uma estrada de crescimento pessoal de mãos dadas. ELES SÃO PRECIOSOS e engraçados, e o angst deles faz meu coração doer por dois motivos: pela dor da separação e pela dor do reencontro. A jornada dos dois é algo que eu realmente gosto.

- Blue e Gansey (Os Garotos Corvos)
AH eu sei que a maioria, quando tem que escolher um casal do ciclo, escolhe Ronan e Adam (e apesar de eu amar os dois o Adam me irritou no começo), mas eu MORRIA SOFRIDA ME AFOGANDO NA ÁGUA com Gansey e Blue CADA MÍSERO PARÁGRAFO. Novamente eles vão do desgosto ao amor (pelo menos da parte da Blue) e eu sou muito trouxa por esse tipo de romance, e a forma como eles iam se encontrando um no outro, se descobrindo, e como a Blue reagia ao Gansey e MEU DEUS eu só queria morrer, muito. Ainda mais por saber que as interações entre eles eram tão limitadas porque O BEIJO DA BLUE MATARIA SEU AMOR VERDADEIRO. Gente, sofri demais e pedi bis, amo.

Eduarda:


- Andie e Clark (The Unexpected Everything)
Todos que acompanham o blog sabem - ou deveriam saber - que somos apaixonadas por Morgan Matson e suas histórias, essa mulher saber escrever um YA contemporâneo como poucas! Por isso não é nenhuma surpresa esse casal ser o primeiro da minha lista, porque apesar da Andie me deixar um pouco nervosa no começo do livro o Clark foi só amor do início ao fim, e o relacionamento deles é algo digno dos melhores filmes de comédia romântica. A forma como o Clark quebra algumas barreiras que ela tem, mostrando um lado totalmente diferente da vida, e a maneira como a Andie consegue ser algo novo e inspirador na vida dele, tudo isso em meio a vários acontecimentos e um verão super movimentando envolvendo a melhor turma de amigos de todos os tempos e situações que fazem você sonhar em estar dentro da história.

- Georgiana e Tristan (Como se vingar de um cretino)
Estão surpresos por um livro de romance de época ter vindo parar na lista? Pois é, eu também! Mas quem consegue resistir a esse casal que já inicia a história com um passado entre eles e sendo o mais adoravelmente insuportáveis um com o outro? Fui conquistada, não deu pra resistir. As desavenças que existem entre os dois, a forma como estão sempre implicando um com o outro pelo simples fato de que eles não conseguem se afastar, o amor disfarçado de ódio, são muitos feels pro meu pobre coração de shipper, gente!

- Yael e Luka (Sangue por Sangue)
O que eu shippei esse casal e sofri com ele é algo que não está no gibi, sério. Quem leu Lobo por Lobo sabe que as coisas entre os dois não começaram da melhor forma no livro e terminaram pior ainda, então ver esses lindíneos interagindo e se encaminhando para aquele grande final em Sangue por Sangue foi a coisa mais dolorosamente linda de se acompanhar. Eu amo esse livro, eu amo esse casal.

- Paige e Jake (Amor em Manhattan)
Eu amei esse livro, a simplicidade e o humor dele, a forma como a autora pode recorrer a elementos clichês e ainda assim fazer uma boa história e nos dar um romance que foge do padrão abusivo dos dias atuais. Adoro como a Paige sabe o que quer e luta para ter o controle sobre sua vida e suas decisões, gosto muito também de como o Jake não precisou ser um cretino para que pudesse ser o bad boy gostosão. A química entre eles é maravilhosa e eu amo muito, mas confesso que to mesmo é no aguardo do livro da Frankie (porque esse vai ser um ship que eu vou morrer shippando, séééério!).

Conhecem esses casais? Conseguem se lembrar de algum que fizeram vocês surtarem muito esse ano? Diz aí pra gente!

Share this:

, , , , , , ,

COMENTÁRIOS

7 comentários:

  1. Oi meninas, feliz dia dos namorados!
    Eu adoro esse dia porque mesmo não namorando, amo os posts de indicações dos blogs. Infelizmente não consegui terminar Amor em Manhattan, simplesmente travei a leitura mesmo estando gostando dela, vou tentar ler depois. Lucy e Jasper é um casal tão fofo e tão lindo de acompanhar, eu torci pra eles desde o início e a Layla não decepcionou.
    Beijos!
    http://www.suddenlythings.com

    ResponderExcluir
  2. Olá...
    Amei o post!
    Apesar de ser uma grande devoradora de romances, não li nenhum dos livros que vocês mencionaram, porém, já estou de olho nesses casais e anotei um monte de dica de leitura pra ler futuramente <3
    Amei as indicações.
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi, meninas!
    Feliz dia dos namorados <3
    Vocês falaram de vários livros que eu quero ler, sem falar de Nos Bastidores da Fama que é meu amorzinho! Mas quero muito conhecer os casais de Amor em Manhattan, Lílian e Gregório e a Segunda Chance e Como se Vingar de um Cretino. Parecem ser ótimos livros e que estão na minha wishlist!
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
  4. Aiiii meninas, SOCORROOO, não conheço nenhum deles! :o Eu fui descendo a postagem pensando;"não...algum eu vou conhecer...". Hahahahahaha
    Recentemente adorei a Parker e o Ben de Mais Que Amigos, eles são adoráveis.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  5. Olha, Yael e Luka bateu na alma a dor. MEUS FILHOS LINDOS QUE PARI E CRIEI MAMÃE AMA DEMAIS VOCÊS!!!
    Lucy e Jasper que OTPzão!!! Eu adicionaria bem aí Mônica e Enzo meus babies!!!
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  6. Oiii meninas, tudo bom?

    Meu Deus, ainda não li nenhum desses livros, mas conheço a maioria, já tenho alguns até anotado faz um tempo.
    Audrey Rose e Thomas muito em breve serão meus conhecidos...rsrs, tenho o livro aqui na estante e estou ansiosa em começar a ler.

    Beijo

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  7. Oi meninas, tudo bem?
    São muitos casais para se apaixonar mesmo... a louca dos romances aqui não leu nenhum desses livros ainda, mas alguns deles estão na lista de leitura e acho que vou passar pra frente e conhecer esses amores logo.
    Beijos
    http://espiraldelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, sua opinião é sempre muito bem-vinda!